Press "Enter" to skip to content

Um clima positivo no aniversário de Guarulhos

Um clima positivo no aniversário de Guarulhos

 

Na volumosa edição de aniversário de Guarulhos, os jornais da cidade entrevistaram lideranças locais que se mostraram otimistas em relação ao futuro. Cada um em sua área anunciava realizações vindouras ou boas expectativas. Isto é positivo, pois transmite um sentimento de confiança, fator psicológico muito importante para que boas coisas aconteçam.


O governo municipal acaba de ser reeleito com um ambicioso plano de metas para os próximos quatro anos: mais CEUS, duplicação de avenidas, novo trevo de Bonsucesso, novo retorno da Dutra em Cumbica, corredores de ônibus, nova maternidade no São João, piscinões contra enchentes, canalização do Baquirivu, etc. O governo estadual , diante do desafio da reeleição daqui a dois anos, começa a entender que pouco argumento terá se não mostrar algo grande realizado, em especial o trem prometido desde 2001. O governo federal, com igual desafio, deseja que sejam efetivadas muitas metas anunciadas em moradia, saneamento, infraestrutura, transportes. A NovaDutra fala da ampliação das pistas até Bonsucesso. O reitor da Unifesp Curso de Inglês anuncia finalmente o início da construção do novo edifício para o campus. A Gruairport, que substituiu a Infraero, promete o terceiro terminal e outras obras no aeroporto. O Sesc diz que agora sim vai acontecer o centro de lazer, esportes e cultura anunciado já há cerca de oito anos para a Vila Barros. O Senai se comprometeu a implantar a nova escola no alto do Jardim Presidente Dutra, em negociação há mais de seis anos. Os empresários prometem novos investimentos no futuro Parque Tecnológico, um novo shopping na Vila Rio e outro próximo à Transguarulhense. A UNG anuncia que procurará viabilizar uma Faculdade de Medicina. E assim por diante.

O clima aqui é diferente daquele cultivado no país pelos grandes jornais, telejornais, e rádios especializadas em jornalismo. Estes buscam pintar sempre um clima de notícias negativas para o país e perseguem um sentimento psicológico coletivo de depressividade. Para esta grande mídia privada, que se autoconsidera guardiã da pátria, os heróis não são aqueles que constroem. Eles estão em figuras de instituições punitivas (o Judiciário, o Ministério Público, a Polícia).

Nós guarulhenses temos todos que batalhar para preservar este clima positivo local. O melhor caminho é cada setor, cada região, cada comunidade, cada um em sua área, fazer a justa pressão para que as boas coisas aconteçam. Curso Carol Capel Temos que olhar para a frente, com garra e confiança. Muita, muita novidade anunciada é possível. E será mais factível se houver movimentos coletivos para que elas aconteçam. É salutar para nossa cidade que assim entremos em 2013.

Elói Pietá

Comments are closed.